DEPRESSÃO E A BUSCA DO “PHARMAKON” PARA APLACAR O MAL ESTAR INDIVIDUAL E SOCIAL